ⓘ Free online encyclopedia. Did you know? page 160

Imaginarius

Imaginarius ou Festival Internacional de Teatro de Rua de Santa Maria da Feira é um festival de teatro de rua realizado nas ruas de Santa Maria da Feira, e o maior festival de artes de rua de Portugal. Com um percurso consolidado de mais de uma d ...

Festival Madeira Dig

O Festival Madeira Dig é o mais antigo evento cultural na Região Autónoma da Madeira dedicado às artes digitais, nomeadamente à música electrónica experimental, ao cinema e vídeo digital e ainda às performances / instalações interactivas. Realiza ...

Magic Valongo

MagicValongo é um festival internacional de ilusionismo, que se realiza em Portugal, no Concelho de Valongo. Tem sido constantemente palco de actuações, enquanto convidados, de vários campeões do mundo em diversas modalidades de magia e, por outr ...

Serralves em Festa

Serralves em Festa é um festival com periodicidade anual da cidade do Porto. A primeira edição realizou-se em 2004. É organizado pela Fundação de Serralves e acontece no Museu de Arte Contemporânea, Casa de Serralves e no Parque de Serralves. A e ...

Alma penada

Alma penada é uma entidade do universo sobrenatural da mitologia portuguesa. As crenças populares reconhecem como sendo o espírito de pessoas falecidas que, tendo deixado compromissos por cumprir na vida terrena, regressam a ela, sob enigmáticas ...

Arganão

O Arganão é um ser imaginário, proveniente da tradição oral e popular portuguesa da vila de Melgaço, no norte de Portugal, entre outros lugares, que, segundo a superstição popular, vive no campo, embora manifeste grande curiosidade sobre as activ ...

Benzedor

Benzedor, Curador ou simplesmente Rezador é uma atividade, muitas vezes considerada curandeirismo, destinada a curar uma pessoa doente, aplicando sobre ela gestos, em geral acompanhados por alguma erva com pretensos poderes sobrenaturais, ao temp ...

Bicho-papão

O bicho-papão, bitu, papa-gente, papão, bebe papão, cuca, papa-figo, tutu, boitatá, manjaléu ou mumuca é um ser imaginário das mitologias infantis portuguesa e brasileira, estando também presente no resto da Península Ibérica, como na Galiza, na ...

Bisarma (folclore)

Bisarmas são fantasmas de tamanho descomunal, uma espécie de gigantes. Erguem-se sobre os vales colocando um pé em cada um dos outeiros laterais e cantam num vozeirão terrível toadas monótonas. As bisarmas fazem parte das lendas de Portugal e das ...

Cabra Cabriola

A Cabra Cabriola é um ser imaginário da mitologia infantil portuguesa, mas também surge no resto da península Ibérica, foi depois levada para o Brasil pelos portugueses. A Cabra Cabriola é a personificação do medo, um animal em forma de cabra, um ...

Cambeiro

O cambeiro é um tronco alto e esguio de pinheiro que, durante as festividades, servia para iluminar um lugar da festa. O pinheiro era coberto com galhos de vides ou ramos a que se pegava fogo. Em Loriga, é um mastro de madeira coberto com pendura ...

Canto das almas

O canto das almas ou encomendação das almas é uma tradição popular católica secular, frequente em Portugal e Espanha desde, pelo menos, o século XVII, de onde se propagou ao Brasil. É característico da Quaresma, embora também fosse cantado no dia ...

Careto

Careto é um personagem mascarado do carnaval de Trás-os-Montes e Alto Douro, Portugal, com destaque para Podence. É um homem que usa uma máscara com um nariz saliente feita de couro, latão ou madeira pintada com cores vivas de amarelo, vermelho o ...

Cavalhadas

Cavalhada é uma celebração portuguesa tradicional que teve origem nos torneios medievais, onde os aristocratas exibiam em espetáculos públicos a sua destreza e valentia, e frequentemente envolvia temas do período da Reconquista. Era um "torneio q ...

Colóquios

Colóquios ou entremeses é como é designado popularmente o Teatro Popular Mirandês. As representações teatrais têm lugar ao ar livre, num palco chamado de "tabulado", em dias de festa.

Dia do Anjo

O Dia do Anjo, Segunda-feira do Anjo, Anjo ou Festa da Hera, é uma festa do litoral norte português com origem na Póvoa de Varzim, mas também comemorado em diversas localidades no qual a população faz um piquenique familiar nos campos e bouças da ...

Divisão do burro

Divisão do burro é uma tradição que se realiza-se na noite da última quinta feira antes do carnaval. É típica de Vale do Souto, Portugal. A ARCVASO, Associação Recreativa e Cultural do Vale do Souto, tem incentivado a realização desta tradição. I ...

Enterro do Galo

O enterro do galo é uma tradição que encerra os festejos do Entrudo, na noite de quarta-feira de cinzas. À meia-noite um padre, um sacristão, uma viúva e várias carpideiras seguem na procissão até ao local onde vai-se realizar o funeral de um gal ...

Envultamento

Envultamento é um nome dado a ritos mágicos baseados na utilização de objetos, como imagens de cera, figurinhas, bonecas chamados de "vultos", que representam uma pessoa e aos quais se direcionam feitiços para transmitir efeitos de encantamento, ...

Facanito

O facanito é uma criança que se mascara de" careto” e tenta imitar os caretos nas suas folias, cumprindo o seu próprio ritual de iniciação e garantindo a continuidade da tradição. Na idade média em Trás-os-Montes era referido como um "diabinho qu ...

Federação do Folclore Português

A Federação do Folclore Português é uma federação criada em 1977 que agrupa associações culturais ligadas ao folclore. Em 2009, a Federação de Folclore Português, agregava cerca de 600 grupos mas mobilizava ainda mais 700 aderentes, ultrapassando ...

Fera de Castro Laboreiro

A Fera de Castro Laboreiro ", também conhecida como Fera de Fiães é uma lenda popular originária de Castro Laboreiro, no concelho de Melgaço, distrito de Viana do Castelo, no norte de Portugal.

Filandorra

A filandorra é um jovem rapaz vestido de mulher, com a cara tapada por uma renda para não ser reconhecido, numa mão carrega a roca e na outra o fuso, sempre a fiar. A filandorra era acompanhada pelas madamas dançando ao toque da gaita de foles e ...

Galhofa

Galhofa é um estilo de luta tradicional da região portuguesa de Trás-os-Montes, que se define como um desporto de combate. É tida como a única luta corpo a corpo com origens portuguesas.

Hirã

As Hirãs são seres do folclore popular português. São mulheres de cabeça muito grande e um corpo franzino. Quando a Hirã faz 12 anos de idade ela transforma-se em cobra e vai viver no mar. A Hirã é a ultima filha que nasce de sete irmãs.

Insonho

O Insonho ou pesadelo é um espírito ou uma bruxa do folclore português. Na cabeça tem um carapuço que quando alguém consegue lho tirar ele foge para o telhado e é obrigado a dar todo o dinheiro que lhe pedem até ele conseguir recuperar de volta o ...

Jãs, Jans ou Janas são espíritos, uma espécie de fadas do folclore popular português. Estes seres são espíritos fiandeiros da casa. A quem lhes fizer uma oferenda, deixando à noite no borralho do lar um pouco de uma meada de linho e um bolo elas ...

Janeiras

As Janeiras é uma tradição em Portugal que consiste no cantar de músicas pelas ruas por grupos de pessoas anunciando o nascimento de Jesus, desejando um feliz ano novo. Esses grupos vão de porta em porta, pedindo aos residentes as sobras das Fest ...

Jogo do pau

Enquanto em Portugal o Jogo do Pau teve sempre alguma visibilidade na sociedade, tendo sido adaptado às convenções e estruturação das artes marciais modernas, a história nacional da Galiza fez com que este jogo ancestral caísse progressivamente n ...

Lenda do Abade João

A tradição reza que a defesa da fortaleza foi conferida a um monge guerreiro de nome João, que outrora encontrara um recém-nascido abandonado no mato, tendo-lhe batizado de Garcia. Quando chegou à idade adulta, Garcia tornara-se num renegado, um ...

Marafona

A marafona ou matrafona é uma boneca de trapos, sem olhos, nem boca, nariz ou ouvidos, vestida com um colorido traje regional. A sua armação é uma cruz de madeira revestida a tecido. As bonecas de Monsanto, são utilizadas para celebrar a fertilid ...

Cachera

O cachera é um personagem mascarado com chifres na cabeça e coberto com uma pele de animal. Ele é uma das personagens das festas de Santo Estevão na Torre de Dona Chama. O cachera surge no último momento da festa, após o cortejo da mourisca que e ...

Máscara ibérica

A Máscara ibérica é a máscara típica de Portugal e Espanha e segundo Hélder Ferreira "muitas estão ligadas a cultos celtas, ao solstício de inverno. e mesmo as do Entrudo estão ligadas a cultos deste tipo como também pode ser o da fertilidade". A ...

Moledros

Moledros, moledos, melédros ou mariolas são pequenos montículos de pedras, erigidos por humanos em zonas remotas para assinalar locais notáveis numa rota de caminhadas ou peregrinação, como um cume, ou para assinalar trajetos, quer para caminhant ...

Olhapim

Os olhapins são seres do folclore popular português. São muito baixinhos, por isso também são chamados de anaios. São uma espécie de espíritos, duendes ou assombrações. Os olhapins têm quatro olhos, dois para a frente e dois para trás por isso ol ...

Palavras ditas e retornadas

As palavras ditas e retornadas são referências religiosas recorrentes em preces católicas populares portuguesas e brasileiras. As palavras, cujo número varia conforme a tradição - podendo ser 12, 13 ou 15 -, não se referem a vocábulos individuais ...

Pau de sebo

O pau-de-sebo, cocanha ou mastro de cocanha, ou ainda poste engraxado, é um mastro untado de sebo que se presta a uma atividade recreativa típica das Festas Juninas. A brincadeira consiste em subir num alto mastro de madeira alta com o objetivo d ...

Pau de fita

A dança do pau-de-fitas ou dança das fitas é uma dança folclórica coreografada originária da Europa. A coreografia desenvolve-se como uma ciranda de participantes que orbitam ao redor de um mastro central pau fincado no chão. O peculiar é que no ...

Pedra da Sesta

A Pedra da Sesta é o nome que se dava a um bloco maciço de pedra que simbolizava o começo e o fim da sesta. Era usada numa celebração ritual que tinha lugar duas vezes por ano, uma no equinócio da primavera a outra no equinócio do outono. Centrav ...

Pedra parideira

Pedras Parideiras são um fenómeno geológico raro, um tipo de pedras que brotam de uma rocha-mãe, um bloco nodular de origem granítica com 1000 x 600 m, daí se chamarem Parideiras. Os nódulos de 1 a 12 cm de diâmetro com formas discóides e biconve ...

Pedro Malasartes

Pedro Malasartes, Malazartes, ou das Malasartes, ou ainda Malasarte e Malazarte, é um personagem tradicional da cultura portuguesa e da cultura brasileira. Segundo Câmara Cascudo "Pedro Malasartes é figura tradicional nos contos populares da Pení ...

Presépio Cavalinho

O Maior Presépio do Mundo! Em Movimento!, popularmente conhecido como Presépio Cavalinho, localizava-se na freguesia de São Paio de Oleiros, concelho de Santa Maria da Feira, distrito de Aveiro, em Portugal.

Procissão dos diabos

A procissão dos diabos é um cortejo que tem lugar no dia 24 de Agosto e que celebra o regresso dos" Diabos de Amarante” a Amarante. Esta data está ligada, segundo crença popular, ao dia em que o "diabo anda à solta". Na segunda metade do século X ...

Queima da boneca

A queima da boneca é um evento que tem lugar em várias regiões de Portugal. Uma boneca de trapos, trajada com roupas tradicionais, é colocada em cima de um poste e depois é queimada. Este evento tem lugar em várias datas festivas, no Santo Antóni ...

Queima do gato

A tradição consiste em meter um gato vivo dentro de um cântaro que depois é içado no topo de um mastro, forrado com palha, onde o cântaro fica preso por cordas. O animal fica preso no interior do cântaro até ser ateado o fogo à palha indo pelo pa ...

Queima do Velho

A queima do velho é uma tradição celebrada como rito de passagem. Celebrada na passagem do ano, o "velho", um boneco de palha, é levado pelas ruas enquanto as pessoas que assistem gritam em altos brados a" morte” do velho. Quando a torre toca as ...

Rancho (Portugal)

Ribas, Tomaz. Danças Populares Portuguesas. Biblioteca Breve. Vol. 69. Instituto de Cultura e Língua Portuguesa. Ministério da Educação Rancho Folclórico São Simão de Mamarrosa Oliveira do bairro, Aveiro Rancho Português na Alemanha

Samhain

Samhaim ou Samaim era o festival em que se comemora a passagem do ano dos Eldianos. Marca o fim do ano velho e o começo do ano novo. O Samhain inicia o inverno, uma das duas estações do ano dos celtas. O início da outra estação, o verão, é celebr ...

Free and no ads
no need to download or install

Pino - logical board game which is based on tactics and strategy. In general this is a remix of chess, checkers and corners. The game develops imagination, concentration, teaches how to solve tasks, plan their own actions and of course to think logically. It does not matter how much pieces you have, the main thing is how they are placement!

online intellectual game →